Primeiro Single de Lagardère já disponível!

Primeiro single de LaGardère, mais uma banda com o selo Ás de Espadas e estarão hoje a apresentar-se ao vivo na Fnac do Chiado às 18:30.

Instrumentais gravados e produzidos por Diogo Rodrigues e Vitor Teixeira @ Estúdio Cuca Monga
Vozes gravadas e produzidas por Vitor Teixeira no nosso Estúdio.
Misturado por Vitor Teixeira.
Masterizado por Tiago Carvalho Poison Apple Studios

Video por VIDEOLOTION
Realizado por: Joana Peralta e Victor Ferreira

Ver aqui:

 

SEASE  A BANDA DE OEIRAS TRAZ DE VOLTA O TRIP-HOP COM “ONDA”, O PRIMEIRO SINGLE RETIRADO DO EP “WAVE MOTION”

Sease, que editaram em Maio do ano passado o primeiro longa duração, “The Way The Waves Hit the Beach”, sentiram que ainda tinham muito para dar e mostrar. Pegando em material novo, composto depois do lançamento do álbum, surge um apêndice do mesmo onde se nota a constante evolução natural da banda.

“Wave Motion” (primeiro trabalho com selo Ás de Espadas)  é composto por três novas músicas que se distinguem entre si, sem deixar de se ouvir a marca da banda em nenhuma delas. O EP abre com “Satori”, que une uma sonoridade diferente do que a que banda de Oeiras nos habituou, com a já conhecida mistura de texturas e sons orgânicos com a electrónica. Segue-se “Manta”, uma faixa onde a falta de letra não impede que os ouvintes percebam a mensagem que os músicos tentam transmitir. O trabalho termina com o single “Onda”, que remete aos ritmos brasileiros e afro-latinos do álbum e nos empurra para a pista de dança ao mesmo tempo que apresenta complexidade nas guitarras e no trabalho vocal.

Depois de um 2017 em grande, com o seu primeiro álbum e singles em tops nacionais do melhor que se fez nesse ano, incluindo “melhor faixa nacional”para Alex D’alva Teixeira, vocalista dos D’alva, o trio composto por Miguel LaureanoRita Navarro e Gonçalo Vasconcelos traz de volta o Trip-Hop a terras lusas e além fronteiras.

O EP foi gravado, produzido e co-misturado por Miguel Laureano, guitarrista da banda e também gravado, misturado e masterizado por Vitor Gomes Teixeira no estúdio do Ás de Espadas.
O videoclipe deste primeiro single foi também realizado e editado pela banda, numa abordagem mais pessoal, inteiramente rodado em Oeiras onde vivem e fazem música juntos.

DESCARREGAR TEMA “ONDA” + MATERIAL PROMOCIONAL
Ver videoclipe de “Onda” aqui
[MELHOR FAIXA NACIONAL] “Sambino” de Sease por Alex D’alva Teixeira in Rimas e Batidas

“Este é, provavelmente, um dos segredos mais bem guardados de Lisboa! O álbum de estreia, The Way The Waves Hit The Beach, foi uma das maiores surpresas que tive este ano, e não há mesmo outra forma de descrever: é absolutamente surpreendente como é uma banda com tão pouco tempo de existência e com talentos tão jovens consegue criar algo tão belo! Os Sease são capazes de criar uma combinação da electrónica contemporânea mais vanguardista que ouvimos com sons orgânicos milenares e ritmos do mundo aliados a outras influências jazzísticas e uma sensibilidade pop-progressiva e atmosférica. A música deles é absolutamente única e “Sambino” é amor à primeira audição.”

Sobre  a banda: 

Em 2013 Miguel Laureano, Rita Navarro e Gonçalo Vasconcelos começam a compor em conjunto e adoptam o nome SEASE.
O grupo conheceu-se no secundário onde começou a ser criado o EP de estreia “When Lost At The Ocean, A Fellow Comes Out” lançado em Março de 2015 em formato digital para download gratuito no Bandcamp. Não tardou o início do planeamento do primeiro álbum. Depois de alguma rodagem por diversas salas da capital nasce “The Way The Waves Hit The Beach” em Maio de 2017. Neste trabalho a banda de Oeiras mostra-se mais madura e solta num álbum onde se fazem ouvir as influências da música latina e africana juntamente com as novas tendências da música electrónica. Ainda com muita música por mostrar mesmo com o recente lançamento do álbum, já existe um novo trabalho a sair muito em breve.

EU FÚRIA “NÃO TEMO NADA” ESTREIA HOJE, DIA 25 DE SETEMBRO.

Horizontal

“Não Temo Nada” é o single de apresentação do álbum de estreia.

A banda de Alvalade está agora em estúdio e tem  o seu primeiro longa duração previsto para o primeiro trimestre de 2018. O trio vai apresentar-se ao vivo no dia 6 de Outubro no Popular Alvalade, onde irá apresentar não só “Não Temo Nada” como temas mais conhecidos do público como “Tudo o que Fizemos” ou “Dias Contados”.

SOBRE A BANDA:
Em Junho de 2015 nasceram os Eu Fúria, um grupo de três amigos que começaram a tocar juntos muito antes dessa data no mítico bairro de Alvalade.

Estrearam-se ao vivo em Setembro nas Festas da Nazaré’15 num recinto com capacidade para 20 mil pessoas.
Em Novembro do mesmo ano, os Eu Fúria lançaram a primeira canção. “Tudo o que fizemos” teve uma critica muito positiva por parte do público e dos media.
A banda não tem parado de tocar e já passou por conhecidas salas e festivais, como o AgitÁgueda, Festas da Nazaré, CAE Portalegre, Texas Bar, Sabotage Club, entre outras…
Recentemente, lançaram um vídeo com uma sessão ao vivo gravada no Black Sheep Studios.
Pretendem levar a fúria do seu rock pelos caminhos de Portugal e além fronteiras.
O sangue novo no rock cantado em português tem o nome de Eu Fúria.

21886755_10159689717305001_1976049718_o

EU FÚRIA – “NÃO TEMO NADA” ESTREIA DIA 25 DE SETEMBRO NAS RÁDIOS

 

Horizontal

“Não Temo Nada” é o single de apresentação do álbum de estreia de Eu Fúria.
A banda de Alvalade está agora em estúdio e tem  o seu primeiro longa duração previsto para o primeiro trimestre de 2018. O trio vai apresentar-se ao vivo no dia 6 de Outubro no Popular Alvalade, onde irá apresentar não só “Não Temo Nada” como temas mais conhecidos do público como “Tudo o que Fizemos” ou “Dias Contados”.

21886755_10159689717305001_1976049718_o.jpg

SOBRE A BANDA:

Em Junho de 2015 nasceram os Eu Fúria, um grupo de três amigos que começaram a tocar juntos muito antes dessa data no mítico bairro de Alvalade.Estrearam-se ao vivo em Setembro nas Festas da Nazaré’15 num recinto com capacidade para 20 mil pessoas. Em Novembro do mesmo ano, os Eu Fúria lançaram a primeira canção. “Tudo o que fizemos” teve uma critica muito positiva por parte do público e dos media. A banda não tem parado de tocar e já passou por conhecidas salas e festivais, como o AgitÁgueda, Festas da Nazaré, CAE Portalegre, Texas Bar, Sabotage Club, entre outras… Recentemente, lançaram um vídeo com uma sessão ao vivo gravada no Black Sheep Studios. Pretendem levar a fúria do seu rock pelos caminhos de Portugal e além fronteiras. O sangue novo no rock cantado em português tem o nome de Eu Fúria.

DESCARREGAR MATERIAL PROMOCIONAL

 

 

Acabaram-se as nossas Férias, vamos a isso!

Voltámos de férias e estamos prontos para o trabalho que aí vem!

Não estamos assim, mas deve haver alguém que está, estamos contigo! Muito after-sun nessa pele sff.

Vai haver muitas novidades nas próximas semanas. Lançamentos, muita música, novas parcerias, fiquem atentos!

Até lá digam-nos coisas se sentirem essa necessidade para:*

geral@asdeespadas.pt


*Taxas de aconselhamento sentimental podem ser aplicadas. Para alguma sugestão de medicação por favor consulte o seu médico ou farmacêutico. A única terapia que podemos receitar é música.

OS “EU FÚRIA” JUNTAM-SE À FAMÍLIA ÁS DE ESPADAS

Queremos dar a boas vindas à mais recente parceria com o Ás de Espadas, são os Eu Fúria:

Em Junho de 2015 nasceram os Eu Fúria, um grupo de três amigos que começaram a tocar juntos muito antes dessa data no mítico bairro de Alvalade.

Estrearam-se ao vivo em Setembro nas Festas da Nazaré’15 num recinto com capacidade para 20 mil pessoas.
Em Novembro do mesmo ano, os Eu Fúria lançaram a primeira canção. “Tudo o que fizemos” teve uma critica muito positiva por parte do público e dos media.
A banda não tem parado de tocar e já passou por conhecidas salas e festivais, como o AgitÁgueda, Festas da Nazaré, CAE Portalegre, Texas Bar, Sabotage Club, entre outras…
Recentemente, lançaram um vídeo com uma sessão ao vivo gravada no Black Sheep Studios.
Pretendem levar a fúria do seu rock pelos caminhos de Portugal e além fronteiras.
O sangue novo no rock cantado em português tem o nome de Eu Fúria.”

Mais novidades destes “putos” de Alvalade muito em breve!